Resenha livreto Santa Margarida de Cortona

Resenha livreto Santa Margarida de Cortona

Postado em:
Blog - Clube de Leitura
- 23/03/2019 15:58:12

A biografia de Santa Margarida de Cortona foi escrita pelo Frei Pachomio Thieman. Esta edição apresentará um resumo da história da santa.

A Santa viveu dos anos de 1247 a 1296 e passou toda sua vida na Itália. Filha de pais pobres dedicados à religião, Margarida teve uma infância pura onde com a orientação dos pais, e, particularmente, com os ensinamentos e exemplos da mãe aprendeu os princípios da religião, infundindo-se assim a fé viva em seu coração.

Essa doce vida, porém não teve longa duração, pois, aos sete anos de idade Margarida perde sua mãe que acaba falecendo. Mais tarde, seu pai casa-se novamente e, então, a menina passa a viver com ele e com sua madrasta, mulher esta que em nada se parece com sua mãe, substituindo sua vida de amor por uma pesada cruz.

Em sua mocidade, Margarida longe da sólida orientação materna da infância, passa a educar-se sozinha, conhece as seduções mundanas e iludida com os prazeres e encantos e delícias do século, inicia uma vida desregrada e repleta de leviandades.

Conhece, neste meio tempo, um jovem de caráter duvidoso pelo qual se apaixona. Arrastada pelo sentimento e iludida pela paixão, a moça encontra nas promessas dele uma ocasião para livrar-se da tutela da madrasta. Foge com ele e consente em viver uma união pecaminosa a qual nunca se regularizou. Desta união nasce-lhe um filho. Margarida viveu nesta época uma vida repleta de mordomias e luxo sendo rodeada por elogios e serviços de criados.

No decorrer dos anos, os princípios da fé semeados por sua mãe na infância, reaparecem no seu coração, e pela graça de Deus, uma luz divina ilumina Margarida, que vê a indignidade da sua situação e compungida relembra, com saudades, a pureza e inocência de sua vida, apesar dos sofrimentos padecidos, naquele tempo, na casa paterna. Retomada a consciência da vida em pecado, começa a dar esmolas aos pobres com a intenção de acalmar sua consciência, não obstante, sua vida continua submersa em um mar de amarguras e tristezas.

Certo dia, o homem com o qual vivera 9 anos em pecado morre, e Margarida, diante do corpo morto, arrependida de sua vida e à luz do conhecimento da desgraça de sua alma em pecado, toma a resolução de converter-se. Neste exato momento revela-se o destino dessa alma de predileção.

Passa a buscar uma vida de penitências e mortificações e vivendo uma profunda e verdadeira contrição não medindo os esforços para fugir das tentações e pecados. Com sua conversão heroica, submete-se a mais absoluta obediência em conformidade com a vontade divina, tratando de todas as maneiras possíveis reparar os erros cometidos. Este exercício contínuo levou-a a merecer a coroa da santidade.

Este livreto apresenta relatos de muitos milagres ocorridos pela intercessão da Santa. Ademais, evidência de sua santidade extraordinária é o milagre permanente da incorruptibilidade de seu corpo até os dias de hoje.

​O livreto dará aos nossos leitores o conhecimento da história de Santa Margarida de Cortona, fazendo refletir sobre o exemplo da conversão e da humildade de uma alma que mesmo tendo passado boa parte de sua vida em pecado renuncia o mundo para amar e seguir a Cristo seu Salvador.

At, Editora Caritatem


 

Categorias

Fique informado!

+ Posts

Resenha Livro A Mãe Segundo a Vontade de Deus
Resenha Livro A Mãe Segundo a Vontade de Deus
Resenha Santa Rita de Cássia
Resenha Santa Rita de Cássia
Famílias numerosas
Famílias numerosas
Resenha Livro A Mulher Cristã e o Sofrimento
Resenha Livro A Mulher Cristã e o Sofrimento
Resenha Livreto de Santa Isabel Rainha de Portugal
Resenha Livreto de Santa Isabel Rainha de Portugal

Receba novidades por email

E-mail cadastrado com sucesso.