Livro Santo Elzeário e a Bem-Aventurada Delfina

Livro Santo Elzeário e a Bem-Aventurada Delfina

Postado em:
Blog -
- 08/07/2019 13:16:57

DUHAMELET. Genoveva. Santo elzeário e a bem-aventurada delfina. 1 ra edição: Niterói, RJ. Editora Caritatem, 2019.

Livreto que traz um resumo da história de Santo Elzeário e de sua
esposa a Bem-Aventurada Delfina. A heroicidade deste casal se denota pela
vivência do sacramento do matrimônio como guarda da virgindade. Se casaram
na juventude e mantiveram-se castos até o final de suas vidas.
Ambos filhos de nobres cresceram cercados pelo catolicismo. Elzeário
desde cedo tinha profunda devoção pela Santíssima Virgem. Sobrinho de um
Abade se São Vitor, ele o acompanhava em solenidades e carregava no
coração o desejo de tornar-se um mártir. Delfina, órfã já quando criança, vai
então viver com sua tia, irmã Cecília em um mosteiro. Neste santo ambiente
aprendeu e enraizou a fé, o que a levou, ainda criança a consagrar sua
virgindade a Deus.
A família de ambos possuía posição na corte e assim haviam deveres a
honrar, por conta disso o tio de Delfina a prometeu em casamento, formando
então uma aliança com a família de Elzeário. Delfina ao saber ficou desolada,
por que já havia prometido sua virgindade a Deus, como se casaria? No
entanto, uma aparição de Nossa Senhora a fez consentir neste passo
confiando que do céu viria a proteção que tanto ela esperava.
Depois da realização do casamento Delfina fala seu segredo a Elzeário
que torna-se guardião de sua virgindade, aí se inicia uma história que reflete o
verdadeiro amor, cuidado mútuo e união das almas. Depois de anos de
sacrifício, profunda piedade e oração consumaram a consagração de ambos a
Deus.
Elzeário que devia cumprir suas obrigações de embaixador e de
governante fazia constantes viagens, enfrentou batalhas com muita honra e
nobreza. Morreu com uma doença e desde aí por sua intercessão se fizeram
inúmeros e impressionantes milagres.

Delfina que foi avisada por uma revelação sobre a morte do marido,
sofreu profundamente a perda deste que tanto amava, que fazia parte de sua
alma. Na viuvez vendeu todos os seus bens, se entregando também aos votos
de pobreza. Terminando sua vida com uma inteira entrega para as coisas do
alto e total desprezo da matéria. Anos depois os sofrimento das doenças
precederam sua morte, o que por sua aceitação e paciência tornou grande
edificação para muitos.
Esta história é um perfeito exemplo do verdadeiro amor cristão, que
aspira a salvação das almas e a realização da vontade divina acima de tudo. E
ainda de um perfeito cumprimento dos deveres de estado, do homem como
líder e da mulher com toda sua submissão delicada e ambos com uma mútua
vida de profunda fé e piedade.

 

 

 

Conteúdo incluso como brinde no box de julho do clube de leirtura "A Mulher Cristã". Para fazer sua assinatura e receber esta obra CLIQUE AQUI.

At, Editora Cariatem.

Categorias

Fique informado!

+ Posts

Noiva Singular - A vida de Santa Inês
Noiva Singular - A vida de Santa Inês
Resenha do livro
Resenha do livro
Resenha: As Três Chamas do Lar
Resenha: As Três Chamas do Lar
O Respeito Humano
O Respeito Humano
O Pecado Mortal
O Pecado Mortal

Receba novidades por email

E-mail cadastrado com sucesso.